ontem a Anelis Assumpção encerrou a primeira edição da Festa de São Benedito, no Largo do Paissandu. Uma festa linda e necessária ainda mais em tempos como os atuais. Uma festa que celebra e valoriza a cultura negra. Anelis me parece uma das melhores pessoas para estar naquele palco, falando de amor, de união, de unidade, de igualdade. E lá estava ela, tal qual uma entidade, com uma energia que deu pra sentir e chegar na cidade inteira, de marejar os olhos mesmo. Eu não sei de onde vem a força e a luz dessa mulher, mas quando ela canta e fala faz a gente se sentir forte e iluminado também. E com esperança de que as coisas vão melhorar... Por causa de artistas e mulheres como ela, sobretudo, as coisas vão melhorar. Fica mais fácil de acreditar. E precisamos todos disso tudo, hoje mais do que nunca.


ontem a Anelis Assumpção encerrou a primeira edição da Festa de São Benedito, no Largo do Paissandu. Uma festa linda e necessária ainda mais em tempos como os atuais. Uma festa que celebra e valoriza a cultura negra. Anelis me parece uma das melhores pessoas para estar naquele palco, falando de amor, de união, de unidade, de igualdade. E lá estava ela, tal qual uma entidade, com uma energia que deu pra sentir e chegar na cidade inteira, de marejar os olhos mesmo. 
Eu não sei de onde vem a força e a luz dessa mulher, mas quando ela canta e fala faz a gente se sentir forte e iluminado também. E com esperança de que as coisas vão melhorar... Por causa de artistas e mulheres como ela, sobretudo, as coisas vão melhorar. Fica mais fácil de acreditar.
E precisamos todos disso tudo, hoje mais do que nunca.

Comments 0

Likes 21